• Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle
  • Pinterest - White Circle

R. Dr. Montaury, 2090 sala 1208 - Panazzolo | Caxias do Sul - RS.

(54)3067.4696 ou 98411.3304

sobre a marca

Nossa poesia

 

     Poesia construída a partir de laços familiares. Uma designer,amante do slow fashion, do artesanato e de tudo que é construído com as mãos; e uma mãe,artesã de coração e matemática por formação. Algumas ideias, muito afeto e mãos à obra. Foi assim que Carolina Neumann Potrich, ao final do curso de Design de Moda, encontrou a certeza do que queria para o seu futuro e o suficiente para iniciar este sonho de ser designer-empreendedora.

     Carolina Potrich tem seu atelier em sua cidade natal, Caxias do Sul, na Serra Gaúcha. Inaugurado em agosto de 2014, o espaço reúne talento e sustentabilidade. É ali que a estilista pesquisa, cria e se aventura pelo mundo do crochê.

    As mãos de nossa poesia tecem verdadeiras obras em crochê. A confecção a partir de matérias-primas naturais e tingimentos vegetais permite que nossas peças possam contar histórias através de gerações.

 
Por que acreditamos no Slow-fashion?

 

     O Slow fashion busca a humanização dos processos têxteis.  Caracterizado pela reutilização e maior durabilidade das peças de roupa, o movimento se baseia no consumo consciente e na valorização da mão de obra local. E a nossa marca está de mãos dadas com esse estilo de vida.

     Carolina Potrich acredita que ao apostarmos na mão de obra de onde estamos, seja ela artesanal ou industrial, podemos crescer muito mais juntos. Produção em baixa escala e com a certeza da atemporalidade da roupa.

     O afeto é a agulha fundamental no nosso processo produtivo. Trabalhamos com mãos que tem alma e amor pelo fazer. Sim, nós temos amor! São horas e horas produzindo com o dom das próprias mãos.

     Acreditamos no "menos é mais", resgatando o verdadeiro valor da roupa e construindo uma relação de confiança com os artesões. Todos que se envolvem nesta engenharia são apaixonados, e juntos valorizamos e embelezamos o corpo feminino com a nossa poesia das mãos.